Obedecer é melhor que sacrificar!



“Eis que o obedecer é melhor que o sacrificar”
I Samuel 15:22
Samuel pronunciou o verso acima justamente porque Saul havia desobedecido a Deus não destruindo totalmente os amalequitas dando a desculpa de estar oferecendo os despojos como oferta ao Senhor, além de ter colocado a culpa no povo (v.21). Para Deus não importava se o sacrifício era o melhor dos despojos (v.21), ele queria obediência e, se tratando de obediência (ou de qualquer outra coisa), Deus não se contenta com parcialidades.

Deus já anunciara que queria que os amalequitas fossem destruídos em Dt. 25:19! Como aconteceu com Saul, um dos motivos que nos leva a desobediência é a falta de conhecimento da palavra de Deus.

Mas afinal, focando-nos em I Samuel 15:22, porque obedecer é melhor que sacrificar? O conceito dado não é apenas algo que devemos aceitar sem termos o entendimento correto.

O que temos que entender é que a obediência, além de simbolizar respeito, temor e amor pela autoridade de Deus e pelas autoridades delegadas por ele, também já contém em si o princípio de sacrifício. Na verdade, o que Deus estava dizendo é que aquele sacrifício feito por Saul não valia de nada, pois estava em desobediência, portando não era um sacrifício válido. Analise o versículo abaixo para compreender melhor:

“O que desvia os ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração será abominável”
Pv. 28:9

Se a oração daquele que não ouve a lei (NÃO OBEDECE) é abominável, que se dirá de seus sacrifícios!!! O verdadeiro sacrifício é aquele acompanhado de obediência à palavra de Deus. Por isso a palavra diz:

“Portanto, meus irmãos, por causa da misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço [obediência] e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração [sacrifício] que vocês devem oferecer a Deus. Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês [sacrifício]. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus [obediência], isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele.”
Romanos 12:1,2 NTLH

Veja como esse texto interliga bem os conceitos de obedecer e sacrificar! Temos que nos oferecer totalmente a Deus para podermos obedecer, pois esse é o verdadeiro SACRIFÍCIO, o versículo ainda deixa claro que para tanto é necessário mudarmos nossa mente, ou seja, entregarmos nossos pré-conceitos, nossos planos, sonhos a Deus como sacrifício a ele (Pv. 16:1), para então conheceremos e obedecermos a vontade de Deus, que é boa, perfeita e agradável.

É certo que para obedecermos temos que sacrificar, mas é interessante ponderarmos também que, se amarmos a Deus de todo o nosso coração (Mt. 22:37) e tivermos prazer em fazer a obra de Deus (
Sl 119:16), o esforço envolvido no sacrificar será menor, pois você terá seus valores alterados. Por exemplo, antigamente para muitos deixar de assistir TV era um sacrifício muito grande e hoje já não é assim, é um prazer para eles deixar a TV de lado e buscar a presença de Deus. Nem sempre o sacrificar será sinônimo de dor e sofrimento para abrirmos mão de nossas vontades. Porém não esqueça que sempre existe algo de que nós precisamos mudar, abrir mão, para cumprirmos a vontade de Deus!!!

!!!MEDITE!!!

1|| Medite no exemplo a seguir e aplique-o em sua vida:
“Um empregado trabalhou arduamente num bolo de chocolate para seu chefe, ficou horas e horas fazendo esse bolo com muito amor para ele. Mas quando foi entregar seu presente descobriu que seu chefe não gostava de bolo de chocolate, mas de morango”

  • Só porque você acha que Deus irá gostar de algo que você faça, não quer dizer que é essa a vontade dele para sua vida?
  • Se Deus gosta de “bolo de morango”, porque você gasta seu tempo fazendo “um bolo de chocolate”? (Sacrifício x Obediência)
2|| Será que estou preocupado demais em como posso me sacrificar para Deus e me esquecendo de obedecer sua vontade? O que tenho que parar de fazer? O que tenho que começar a fazer?


29/04/07

1